Que cuidados ter ao construir uma piscina infantil

A piscina é uma excelente opção de lazer para a criançada. No entanto, é preciso ter atenção à segurança, mesmo quando a piscina não estiver sendo usada.

13 Set 2018 Normativa e segurança - Leitura: min.

piscinas

Todo o cuidado com as crianças, às vezes, parece pouco. O assunto fica ainda mais sério quando falamos de piscinas. Se você tem ou quer construir uma para o lazer da meninada, precisa ter cuidado com uma série de fatores para evitar possíveis perigos.

Mas como tornar uma piscina infantil mais segura? Tomando simples precauções na hora da construção ou, mesmo, fazendo adaptações depois da piscina já pronta. Assim, é possível oferecer às crianças uma opção de diversão com total tranquilidade. A seguir, daremos dicas para a construção de uma piscina infantil segura.

1) Profundidade da piscina

Construir uma piscina vai muito além do sonho em desfrutar de momentos de lazer em família. Também não fica restrito a escavar o terreno ou escolher o tamanho e modelo. Se você quer aproveitar a sua piscina com tranquilidade, o fator segurança deve estar em primeiro lugar. Para ter uma piscina segura para as crianças, fique atento à profundidade escolhida. A medida recomendada é de 60cm a 75cm.

2) Cercas para piscina

Ter crianças circulando pela área de lazer a todo o momento, sem que a piscina esteja protegida, pode ser um perigo. Qualquer descuido pode gerar um incidente. Você não precisa construir um muro para isolar a sua piscina, mas deve controlar o acesso das crianças. O ideal é colocar em volta da piscina uma cerca ou grade de proteção, mesmo com uma altura baixa. Isso vai impedir que a curiosidade da criança ou o segundo de descuido se torne uma situação trágica.

As cercas de proteção são uma ótima opção quando o assunto é manter a criança longe da piscina. Para uma maior segurança, quando a criança já tem certa idade, você poderá deixar o portão de acesso da cerca sempre trancado com chave. Existe também a possibilidade de instalar grades com portões automáticos, que só funcionam com controle, e que são impossíveis de ser destravados manualmente.

shutterstock-180557225.jpg

3) Capas de proteção

Se não for possível investir em uma grade para isolar a área de lazer, é fundamental que, ao menos, você invista em uma capa de proteção para a piscina. Ideal para os momentos em que a piscina não está sendo utilizada, a capa de proteção evita acidentes caso a criança caia na piscina, pois impede o contato com a água.

4) Alarmes

Também se pode optar pela instalação de alarmes na área que contorna a piscina. Assim, você será avisado sempre que as crianças se aproximarem demais da água.

5) Pisos antiderrapantes

Sempre que pensar em piso externo ou que estará frequentemente molhado, deve-se escolher revestimentos antiderrapantes. O cuidado com o piso deve ser considerado sempre, pois se o piso é muito liso, a criança pode cair e se machucar.

Nas áreas de lazer com piscina, esse cuidado deve ser ainda maior. A criança pode escorregar quando estiver muito próxima da borda da piscina e cair dentro da água.

6) Escadas internas

A escada interna também é um elemento importante quando o assunto é a segurança da piscina. Ela facilita a saída e entrada na água, podendo ser crucial em casos em que a criança tem dificuldades para sair da piscina.

As mais comuns são as escadas de escalar metálicas, conhecidas também como escadas tipo marinheiro. Se a sua piscina é em alvenaria, você pode optar pela escada marinheiro ou então contemplar já no projeto uma escada de concreto para que seja construída junto com a piscina. Alguns modelos de piscinas em fibra já possuem uma escada interna modelada no mesmo material da piscina.

É importante também contar com a orientação de empresas especializados para ajudar a deixar a sua piscina segura. Clique aqui e encontre opções na sua cidade.

Fotos: Piscinas.com

0 Curtir

Deixe seu comentário

INFORMAÇÃO BÁSICA SOBRE PROTEÇÃO DE DADOS
Responsável: Verticales Intercom, S.L.
Finalidades:
a) Envio de solicitação ao cliente anunciante.
b) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços próprios.
c) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços de terceiros de diferentes setores de atividade, podendo implicar repasse dos dados pessoais a esses terceiros.
d) Segmentação e elaboração de perfis para fins publicitários e para prospecção comercial.
e) Gestão dos serviços e aplicativos oferecidos pelo Site ao Usuário.
Legitimação: Consentimento do interessado.
Destinatários: Está previsto o repasse dos dados aos clientes anunciantes para atender suas solicitações de informação sobre os serviços anunciados.
Direitos: Tem o direito a acessar, retificar e eliminar os dados ou se opor ao tratamento dos mesmos ou a alguma das finalidades, bem como outros direitos, como se explica na informação adicional.
Informação adicional: É possível consultar a informação adicional e detalhada sobre Proteção de Dados em br.piscinas.com/proteccion_datos

Você não pode deixar de ler...